Como organizar uma viagem sozinho

Algumas pessoas já me pediram para fazer um post de como organizar uma viagem.

Bem, vou dar as dicas do que considero importante, mas claro que cada um tem seu jeito e preferências.

Destino: A primeira coisa é verificar em qual época do ano você pode viajar e assim escolher um destino. Alguns destinos são bons para ir em qualquer época do ano, porém outros nem tanto.

Passagens: Depois de escolher o destino é hora de começar a pesquisar os preços das passagens. Há vários sites disponíveis para fazer essa busca. Eu costumo iniciar a pesquisas em sites e/ou aplicativos como Voopter e Skyscanner, que fazem comparações de valores entre várias cia aéreas. Há também Decolar, Submarino viagens, etc. Depois gosto de olhar no site da própria empresa área. Já achei mais barato no site de cias área e em outras vezes em sites de busca, como Decolar.

Ah o google agora lançou uma ferramenta de pesquisa que parece ser super bacana, o Google Flights. Andei dando uma olhada e é ótimo!

IMG_8080

Algum lugar entre Paris e Veneza…

Roteiro: Comprada a passagem é hora de comemorar e começar a planejar todo o roteiro e outros detalhes importantes! Pesquisar e organizar a viagem é maravilhoso! Eu ADORO “perder” várias horas lendo sobre o destino, o que fazer, me imaginar no local…. é demais!

E não tem jeito, sem pesquisa, você não consegue organizar uma viagem sozinho.

Eu costumo fazer da seguinte forma: depois de escolher o local da viagem começo a ler mil blogs para saber o que tem para fazer no destino e assim verifico quanto tempo acho necessário ficar e cada local. Agora, por exemplo, estou organizando nossa próxima viagem que será uma rodatrip por Nevada, Califórnia e Arizona. Nossa, a parte mais difícil para mim é decidir quais lugares e quantos dias ficar, porque quanto mais a gente pesquisa, mais coisas legais encontra e infelizmente não dá para fazer tudo… então a solução é listar as prioridades!

É bacana também utilizar o google maps para ver as distâncias e tempo entre os lugares que for visitar.

Sem título

Hotéis: Definido quantos dias ficar em cada local é hora de começar a fazer a pesquisa dos hotéis. Eu gosto muito de pesquisar no TripAdvisor para ler os comentários de outros viajantes e normalmente reservamos pelo Hoteis.com, onde sempre encontramos os melhores preços e ainda, a cada 10 diárias, ganhamos uma! Sobre o TripAdvisor já fiz um post, só clicar aqui para conferir.

Depois de reservar os hotéis começo a verificar a compra de algumas atrações, shows, etc… Algumas coisas pode-se deixar para comprar na hora da viagem, mas outras o ideal é reservar ainda no Brasil, para não correr o risco de ficar sem ingresso ou perder muito na fila.

Por exemplo, se quiser ver os fogos no ano novo em Londres, nem pense em deixar para comprar na hora, pois você certamente ficará sem ingressos. Para saber como comprar só clicar aqui.

IMG_9454 (960x960)

Fogos na London Eye

Outros detalhes importantes antes de viajar:

Passaporte: não esqueça de verificar se o seu passaporte está dentro da validade antes de viajar. Já pensou chegar no destino e não poder ingressar no país? Vale salientar que alguns países exigem que seu passaporte tenha validade de 6 meses na data de sua saída do país. Então é sempre bom dar uma verificada.

Ainda não tem passaporte ou precisa renová-lo? Só acessar o site da Policia Federal que lá tem todas as informações necessárias. É rápido e fácil! Para mais informações clique aqui.

unnamed

,

Visto: alguns países exigem visto para ingressar no país, como é o caso dos Estados Unidos e Canadá, por exemplo. Assim como com o passaporte, não esqueça de verificar a validade de seu visto! Aqui, basta que seu visto esteja válido na data do seu retorno. Já viajei para os EUA no final de dezembro, com retorno em janeiro e meu visto vencia em fevereiro e deu tudo certo!

Vacina: alguns países também exigem algum tipo de Vacina. Quando fomos para Bahamas, por exemplo, tivemos que fazer a vacina da febre amarela. Você deve se dirigir a algum posto de saúde de sua cidade e fazer a vacina. Na época em que fizemos (já faz mais de 6 anos) tivemos que nos dirigir à Anvisa para pegar o certificado internacional (é gratuito). Fizemos isto no aeroporto de Guarulhos. Hoje em dia alguns postos de saúde já emitem o certificado internacional, mas se não for o caso, você terá que ir até a Anvisa e não esqueça de levar a carteira de vacinação. Aqui você encontra os locais disponíveis. A vacina tem que ser feita com pelo menos 10 dias de antecedência de sua viagem e tem validade para 10 anos. Deixe junto com o passaporte, pois eles realmente conferem (pelo menos conosco sim).

– Documentos: Sempre tenha cópia dos seus documentos, seja no seu celular, e-mail ou outra forma. Caso perca algum documento será bem mais prático para providenciar um novo.

Dinheiro: qual a melhor forma: dinheiro em espécie, cartão de crédito, cartão de débito, travel money, etc?

Eu acho que isso vai muito de cada um. Eu sempre gostei muito do cartão de crédito principalmente pelo fato de acumular milhas e pela segurança. Mas os prós é o risco da variação cambial além do IOF de 6,5%, que você não paga, por exemplo, ao utilizar o dinheiro em espécie, onde na compra o IOF é bem menor. Mesmo assim, vale verificar qual tipo de cotação da moeda seu cartão utiliza (por exemplo, dólar comercial, turismo etc…) pois varia muito de banco para banco, então pode ser que no final das contas, a diferença seja pouca entre comprar dinheiro em espécie e utilizar cartão de crédito, que ainda acumulará milhas. Todavia, em tempos de alta do dólar, como atualmente, vale a dica de ir comprando dinheiro um pouco por mês até a data de sua viagem. Mas como eu disse, vai muito de cada um… o que vale a pena para um pode não vale para o outro…

A propósito, no caso de usar  cartão de crédito, não esqueça de habilitar seu uso para o exterior.

O travel money é um cartão pré-pago internacional, onde você carrega o cartão na moeda estrangeira e depois é só ir pagando tudo no débito. É seguro pois não há a necessidade de ficar carregando dinheiro em espécie e você vai controlando certinho o que gastou. Antigamente não se pagava o IOF de 6,5%, hoje em dia é cobrado o mesmo do cartão de crédito, então particularmente eu não acho vantajoso.

Enfim, para quem não quer arriscar ter surpresas desagradáveis é sempre melhor viajar com dinheiro em espécie ou travel money, assim você já sabe exatamente quanto vai gastar e não corre o risco de levar um susto ao chegar a fatura do cartão de crédito.

Aluguel de carro: Dependendo o destino que você for, alugar um carro fará toda a diferença em sua viagem. Mas como fazer para alugar um carro nos Estados Unidos e Europa por exemplo? O ideal é alugar o carro aqui do Brasil e você pagará somente chegando lá. Alguns sites que você pode alugar: HappyTours, Decolar.com, dentre outros. Para dirigir nos Estados Unidos basta sua CNH válida. Já ouvi relatos de algumas pessoas que os EUA passaram a exigir a Permissão Internacional para Dirigir (PID), mas sinceramente não sei a respeito. Já em muitos países da Europa é necessário a PID juntamente com sua CNH.

FullSizeRender (1)

Nosso Ford Anglia :p

Ainda quero fazer um post explicando certinho sobre aluguel de carro, ou melhor, estou esperando pelo marido fazer, já que esta parte da viagem é de responsabilidade dele. Mas resumindo algumas dicas: é possível alugar um carro em uma cidade e devolver em outra. Também é importante ter seguro do carro e GPS, que pode ser comprado lá ou alugado junto com o carro. Normalmente é mais barato comprar um GPS do que alugá-lo.

Seguro viagem: Dependendo o tipo do seu cartão de crédito, comprando as passagens com seu cartão você tem direito ao seguro viagem. Para saber só entrar em contato no 0800 ou no site do banco do seu cartão. Para os Estados Unidos, por exemplo, não é obrigatório seguro viagem, mas para a Europa é. Neste último caso, é só ligar e pedir o Certificado Schengen.

E se as passagens não forem compradas no cartão de crédito ou o seu cartão não oferecer este benefício? Há algumas empresas que prestam este tipo de serviço, como por exemplo a Mondial. Há várias outras empresas, no site do Melhores Destinos você confere outras opções.

Aí você me pergunta: vou para os Estados, lá o seguro não é obrigatório… tenho mesmo que ter mais este gasto? Isto é muito pessoal, mas na minha opinião, digo que sim! E que é muito importante, principalmente no caso de algum imprevisto com saúde. Tomara que você não precise usar e não tenha nenhum problema em sua viagem… mas caso necessite, ele cobre imprevistos relacionados à saúde (uma internação por exemplo), perda de bagagem, dentre outros.

– Bagagem:temos a bagem de mão e a bagagem despachada.

A bagagem de mão é aquela que você leva com você dentro do avião, onde é interessante levar itens de valor e alguns pertences pessoais, dentre eles, dinheiro, remédio, eletrônicos, joias, etc…Em vôos domésticos o peso da bagagem de mão normalmente é de 5kg e em vôos internacionais pode ser 5kg ou um um pouco mais, podendo variar. Sempre verifique o peso permitido da bagagem de mão e também o tamanho aceito com a cia área que for viajar. Já vi pessoas sendo barradas em razão do tamanho e/ou peso da bagagem. Também tome cuidado com o que levar na bagagem de mão: não é permitido objetos pontiagudos, cortantes, substância explosivas, etc… em vôos internacionais líquidos de qualquer espécie somente em embalagens de até 100ml, colocados em embalagem plástica transparente e vedada

A bagagem despachada é aquela que você entrega na hora do check-in e vai no bagageiro do avião. No Brasil, nos vôos domésticos é permitido uma bagagem por pessoa de até 23kg. Em vôos internacionais, a regra é duas bagagens de até 32kg cada, mas há exceções, verifique sempre com sua cia aérea.

Aí podem surgir algumas dúvidas, como por exemplo:

Voo até partindo de Floripa até Orlando, com escala em São Paulo: se você comprar os trechos da viagem juntos fique tranquilo, pois o trecho entre Floripa e São Paulo será considerado como parte do internacional, então numa viagem para os EUA por ex, pode levar duas bagagens de 32kg cada. Agora se comprar os trechos separadamente, vale a franquia de cada voo e neste exemplo, para voo de Floria/SP vale a franquia de 23kg e no trecho SP/Orlando a franquia de dua malas de 32kg cada.

O importante de emitir os trechos juntos é também para o caso de perda da conexão. Quando os trechos estão juntos, em caso de perda de conexão, por atraso em um voo, por exemplo, a culpa será da companhia aérea, que terá que realocar você em outro voo sem custos. Caso você tenha emitido as passagens separadamente terá que pagar taxas, mesmo sendo a mesma companhia aérea.

Outra situação: você viaja com 2 malas de 32kg para os Estados Unidos, chegando lá resolve fazer um voo interno, de Orlando para NY por exemplo. Lá valerão as regras do voo doméstico do país. Dependendo a cia aérea você paga por bagagem despachado e ainda excesso de bagagem. Então fique atento e pesquise bem antes.

Remédios: É sempre bom levar remédios para sua viagem. Eu sempre levo uma farmacinha: analgésico, antitérmico, anti-inflamatório, antiácido, para gripe, alergia, enjôo, dor de garganta, dor de cabeça, relaxante muscular, etc… Alguns remédios são facilmente encontrados nas farmácias de lá, mas é sempre bom garantir e levar daqui.

Dias antes da viagem: eu gosto de sempre enviar e-mail para os hotéis confirmando as reservas, não custa nada e viajo mais tranquila! Antes de viajar também é ideal imprimir todos os voucher ou levá-los salvo no celular.

Se for utilizar transporte público no local de sua viagem, como metrô ou trem, importante também verificar os horários, como comprar tickets, como funcionam as linhas, etc..

trem

Estação de Trem em Londres

Ah se for viajar pela Europa e for se locomover de trem e/ou metrô, não vá com muitas malas… não esqueça que você mesmo terá que carregá-las pelas estações, tirar e colocar do trem/metrô…

Eu acho que é isso… se esqueci de algo só me perguntem!!! 🙂

Organizar uma viagem requer bastante pesquisa, organização e disposição, mas é acima de tudo muito prazeroso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *